sexta-feira, 27 de março de 2009

Sentimentos

Tudo indica que está tudo bem com a minha gravidez, apenas tenho que tomar magnésio para as contracções e cãibras, já que tenho a barriga muito dura.
Mas, como explicar o medo que sinto? Tenho tanto, mas tanto medo, não estou a conseguir controlar isto e a minha vontade era hibernar durante umas semanas. Tenho medo de tudo e de todos, tenho medo de estar a fazer alguma coisa mal feita, tenho medo de desvalorizar algum sintoma, mas também tenho medo de valorizar outros. Não consigo estar descansada, sinto um cansaço enorme a tomar conta de mim que faz com que tenha que interromper o banho a meio para me sentar, que para fazer uma salada para o jantar, a meio, tenha também que me sentar, a culpa é minha, não posso andar assim, é normal é tudo normal, afinal não querias tanto um filho? Não consigo dormir, tenho dores, é normal, é tudo normal, dizem todos, mas não podes fazer exercício físico, cuidado não faças esforços, se sentires a barriga dura faz repouso! E eu sinto a barriga dura, e as costas doem e a cabeça dói, e faço o quê? Afinal é normal ou não é? Como lutei muito por um filho, não posso abrir a boca para dizer que me sinto de rastos, gostava de não me sentir assim, mas sinto!
Querida estrelinha brilha, brilha muito.

6 comentários:

Su disse...

Há já algum tempo que te tenho acompanhado e hoje não resisto a deixar um comentário. Embora ainda não tenha tido o previlégio de ser mãe, penso que independente do tamanho das nossas lutas, somos seres humanos com fragilidades e medos. Podemos ser Super-Mulheres quando pomos os nossos objectivos e metas à frente de tudo, como foi a tentativa de engravidar, mas isto não significa que não possas ter os mesmos receios e anseios que todas as outras mulheres. Não te sintas mal por teres medo, de facto isso será normal, ao fim ao cabo, nós podemos muito procurar saber tudo e mais alguma coisa, e podemos ter o nossos instinto apurado, mas nunca passamos pela experiência até esta existir de facto!
Força! Logo, logo vais ver esta fase ultrapassada e entrarás numa mais confiante:))
Jinhos***

Kitty disse...

Amiga, infelizmente ainda nunca consegui uma gravidez, mas acho que essa ansiedade é perfeitamente justificada depois de tudo o que passamos com a infertilidade.
Mas não podes deixar as coisas tomarem essas proporções...
Na minha opinião deverias procurar ajuda (psicólogo, por exemplo) que te ajudasse a ficar mais equilibrada e com capacidade para distinguir os sintomas realmente importantes. Com isto não estou a desvalorizar os "outros" sintomas, que para ti são igualmente importantes.
Tenta, a todo o custo, viveres esta fase mágica da tua vida com a melhor qualidade possível!
E já sabes, naquilo que puder ajudar, conta comigo... Falar com alguém ajuda!
Beijinho

soniaq disse...

Querida
Apesar de ser "normal" uma data de coisas quando se está grávida, o normal é uma grávida não se sentir doente, por isso muito descanso mesmo. Tb tive imensas cãibras e até ao fim e tomava magnésio e bananas até dizer chega... e podes e deves queixar-te, ora essa, lá porque lutaste tanto e esperaste tanto não sintas que emjeitas assim esta gravidez. E a tua estrela já brilha e muito, muito.

E as contracções tb acontecem, vais ver que o magnésio vai fazer muito bem. xi grande e mtos beijinhos

soniaq disse...

"emjeitas" - errado
enjeitas - certo

Ferncarvalho disse...

Querida amiga, não é segredo nenhum, tens de relaxar.
Eu sei que é difícil, pois foi algo tão desejado, tão sofrido, que agora se realiza e tens medo de acordar do que até agora sentiste apenas como um sonho... Mas não é apenas um sonho, é a realidade. A tua estrelinha brilha dentro de ti e com a tua força e aforça do teu amor vai continuar a brilhar até ser altura de se apresentar ao mundo.
Tens de ter fé, calma, e paciência.
Se precisares procura ajuda, mas tens de te acalmar e relaxar. Isso é importante, para ti e para ela.
Beijos doces.
Vai tudo continuar a correr bem.

Susana Pina disse...

Amiga, quanto a esse cansaço eu não te posso ajudar porque na altura em que engravidei sentia-me lindamente, não tinha nada, trabalhei até ao fim e sempre fiz tudo em casa com a maior das facilidades. Quanto aos medos, eu compreendo-te tão bem. As gravidezes dos casais que tanto lutaram para os terem são vividas de forma diferente, sem sossego, sempre com medo de tudo até de uma comichãozita que aparece.
Tenta não pensares muito nos sintomas, nos medos. Eu sei que é dificil, mas tenta viver a tua gravidez, que é sempre um momento de magia unico na vida de uma mulher. Só queria que não te sentisses tão cansada e com tantas dores.
Um bj grande para ti
susana